Click here!

Se quiseres podes ver as minhas "histórias". Clica em "Minhas Histórias"!

Sobre mim...


Já fiz uma espécie de biografia sobre mim e apaguei: apaguei porque durante a vida há coisas que se apagam e outras que se reacendem. A questão é: eu preciso mesmo de uma biografia? Eu não sou uma escritora, jogadora de futebol, estrela de Rock ou Metal para o fazer, portanto não é justo eu chamar a isto uma biografia mas uma "revelação de dados pessoais.". 
Sou a "Hayley S. S. Logan", tenho dezassete anos, vivo no Porto. Sou uma pessoa como tantas outras: com problemas, desavenças, assuntos para tratar, períodos de extrema felicidade ou extrema angústia. Não sou especial, um prodígio, uma inspiração, uma pessoa com um futuro promissor ou uma carreira brilhante. Pelo contrário, ainda sou uma estudante que sabe perfeitamente que tem muito a aprender na sua jornada pela vida. Não sei muito bem o que escrever porque eu não tenho vocação para acrescentar qualidades da qual eu não sou detentora e muito menos fazer com que eu seja mais uma personagem, como as que crio. Acho que se tivesse o dom de me fazer uma personagem passaria horas e horas a escrever a minha Biografia e nunca me sentiria farta em acrescentar qualidades... Portanto, se tiverem alguma questão, podem colocá-la que eu responderei. 

With love, Hayley.

5 comentários:

Al* disse...

Partilho o mesmo fascínio que tu pela trovoada se bem que se me sentir mal, adoro estar na cama a ouvir o mundo ser destruído e eu dentro das minhas mantas e sem nada poder fazer pois acho que uma desgraça poderia mudar o mundo e maneiras de pensar/ver as coisas.
Também acho que poderia fazer algo mais pela minha vida mas tendo a ficar parada a ver cada promenor e a ficar pressa a um passado.
Não perco nada de Sobrenatural. Adolatro realmente esta série. Conheces Dexter? Devias ver!
e devido á minha atracção por coisas bizarras e assassinatos, como tu, adoro a série Mentes Criminosas mas não tenho seguido porque a escolha do que fazer para o resto da minha vida está complicada de fazer;
Gosto de ficar calada quando acho que nao vale a pena, se achar que vale a pena, bato o pé e argumento até bater com a porta e abandonar a pessoa a quem estou a falar (defeito).
Como tu, amava viver num sitio como a Grã-Bretanha. A política deveria fazer parte da vida de toda a gente mas nao significa que tenha que ser um deputado ou o raio, so acho que todos devemos demonstrar uma posição de modo a nao sermos abafados. Não sou vingativa mas não esqueço facilmente.

Mommy Gates disse...

Penso que temos vários pontos em comum no que se refere a sermos de um "Mundo À Parte" e de gostar de coisas ligadas a assassinatos. Fascina-me bastante.
Sonhar alto, faz bem e eu também sei o quanto isso é bom.

mariainês. disse...

em algumas partes senti que tinha sido eu a escrever isto :o

Scone disse...

Estou a seguir os dois blogues :)
Adorei.

Flávia Martins disse...

Acho que a tua "descrição" de ti é a mais sincera possível, tal como tudo no teu blog, adoro mesmo!
E fico muito feliz por saber que és do porto, é bom saber o que esta cidade contém :)