Click here!

Se quiseres podes ver as minhas "histórias". Clica em "Minhas Histórias"!

terça-feira, 17 de maio de 2011

The Other Side...

Eu não tenho paciência para muita coisa: para estar muito tempo parada a ler uns artigos sem qualquer interesse,  folhear livros e livros com frases que nem ao Diabo lembram... Acho que não fui feita para estudar e muito menos para saber aquilo que me impõem. Precisamente o contrário. Gosto de saber aquilo que realmente me interessa e me vai fazer algum jeito. Não suporto estudar contrariada e, ultimamente, isso acontece-me.  Não percebo a razão pela qual nos obrigam a estudar cartapácios para um teste, desgastando-nos a cabeça e fazendo-nos perder tempo. Não sou totalmente contra testes intermédios e exames. Odeio quando me dizem para estudar tudo porque sai tudo e quando me sento para o realizar não sai quase nada do que eu pensara. Onde eu quero chegar é que há certos pontos da matéria que são mais importantes que outros e podiam perfeitamente dizer que parte da matéria não sai porque nós, com certeza, vamo-nos focar em uns pontos e noutros não, evidentemente. Às vezes, ou na maioria das vezes, pegam em pormenores ínfimos e dali fazem uma pergunta escaganifobética que ninguém sabe! E eu questiono-me: vale a pena ser estudante e passar por tudo isto, gastar o meu intelecto com estas coisas? Oh, sim, claro que vale! Mas irei eu ser feliz?
Primeiramente, e tenho vindo-me a aperceber disso, as pessoas com menos escolaridade são felizes. Por quê? Simples... não têm habilitações literárias ou se têm são escassas, não têm noção do que se passa nem do que os rodeia. Contentam-se com pouco e agradecem o pouco que têm. Na maioria dos casos têm mais tempo para acompanhar os filhos e vivem felizes como andorinhas a pairar o céu! Eu juro que gostava de ser assim, mas, infelizmente, sou muito ambiciosa e não me contento com nada. Já a minha mãe mo diz e que tenho de desacelerar e parar para pensar naquilo que quero. Ora, é muito simples para quem já tem um emprego garantido, um ordenado ao fim de mês... 
Agora eu? 
A mim resta-me um mísero abono, uma bolsa de estudo que o Estado ainda me manda... e no futuro, certamente, não terei emprego, direito a reforma nem nenhuma regalia que agora as pessoas têm! Eu ando a estudar, queimar pestanas, sofrer, ouvir todos os dias matéria para chegar ao fim do secundário, obter uma porcaria de uma média para ir para um curso que não tem saída profissional em Portugal, que vai fazer com que a minha vida própria seja eclipsada, que me vai obrigar a ser aquilo que não sou mas que é aquilo que eu quero. E creio que não vou arranjar emprego porque o maldito estado português prefere investir no TGV e o raio que o parta em vez de investir na investigação forense! E todos aqueles que me rodeiam apontam o seu dedinho indicador, em jeito de escárnio, enfatizando o facto de eu no futuro não arranjar emprego. De certa forma têm razão... ninguém me manda ser asna e ir para um curso científico quando mais depressa dão emprego a alguém que anda num curso profissional... mas eu sempre fui assim: ambiciosa. E o melhor, não estou a falar no geral, os cursinhos profissionais no estabelecimento de ensino que frequento são uma autêntica borga! Raios, quem me dera andar num! Malinhas chiques a valer ao ombro pequeninas, fotocópias pagas, visitas de estudo a tantos sítios que sou incapaz de inventariar e tudo pago pela escola! Depois não me admira que não haja dinheiro a partir de Maio... Passam por nós com um sorriso rasgado na cara enquanto nós estamos ali a estudar arduamente. Irrita-me! Juro que me irrita e depois ainda têm a lata de vir dizer que graças a Deus que foram para um curso profissional mas que por um lado é bom porque assim têm bases para a universidade. Sim, temos mas as médias baixam bastante à custa desta preparação.
Como a minha professora de Português diz, e eu concordo plenamente, mais do que sermos inteligentes devemos ser boas pessoas com consciência de que o nosso vizinho precisa de nós e nós dele. Subscrevo e adiciono que a felicidade pode advir da nossa profissão, ou pelo menos pode aumentá-la, mas quantas vezes pensámos que escolhemos bem e acabámos por errar?

P.s As histórias vão voltar... Apenas fiz este texto para isto não ficar "às moscas".

18 comentários:

hayley bellamy disse...

adorei...

http://rjamesbellamy.blogspot.com/

Bee :D disse...

És tu e eu. Já não tenho paciência para muita coisa...

Al* disse...

sofres do mesmo mal que eu. e eu estou no 12ºano. É frustante aqueles que possuem cursozecos e não fazem ponta de corno são os mais felizardos da vida. Nós que escolhemos um curso bom e que nos leva a algum lado e que nos dá as melhores bases e muitos o designam do curso dos inteligentes, o que acho verdadeiramente falso, pois basta estudar .. é como tudo na vida. Esses que tiram cursos profissionais, saiem com médias brutais e dps se bem calha ainda cnseguem entrar na mesma merda de curso que nós e com média melhor e eles fizeram um atalho e nós andámos a queimar a pestana!! Confesso que não estudo muito mas também nunca precisei de estudar muito. Sò preciso em relação á matemática, de resto, sempre consegui ter notas razoáveis, nada de extraordinário para que tenha média para medicina. Ciencias forenses, amava amava ir. o ultimo a entrar no Egas Moniz (ainda por cima, privadad -.-) foi com nota 11 .. eu adoro. eu nao me importo. mas sei que assim que acabar o curso não vou logo trabalhar para a GNR ou PJ ou qql coisa parecida, nada disso. O mais provavel é acabar nalguma agencia funerária como muitos me gozam quando digo o que quero fazer no futuro. Além deste se não, eu nao me consigo imaginar a fazer uma unica coisa para o resto da minha simploria vidinha, é frustante e não cnsigo. Mas tambem nada me agrada, é irritante!

Al* disse...

sim, é verdade gozam connosco e acham-se importantes!
E estas pessoas que agora possuem curzecos que vão arranjar emprego. é isto que preocupa neste momento, nada mais. Arranjar algo para mim em que eu faça o que gosto mas também que não fique em casa dependente dos paizinhos, coitados. tem mais duas miudas para sustentar, nao posso estar mais tempo em casa, sendo que eles vao pagar-me o curso, a carta e dps mais tarde o mesmo para a minha irmã. é realmente chato.
Não sei realmente o que fazer com a minha vida. E sim a preguiça nao ajuda nada, o calor nao ajuda nada. nada mesmo. A minha média é 13 qql coisa. nada demais mesmo mas sei lá o que fazer com isto e dps o que gosto por vezes nao vai ao encontro com a minha média.

Al* disse...

Eu nao estou assim tão á vontade para ir para fora. Nao sei, tenho medo.
Para onde irias se saisses daqui?

Al* disse...

Sinceramente, nao me sinto muito há vontade em ir para fora porque nao domino muito bem o inglees. percebo bem mas falar nao. atrapalho-me imenso!

Al* disse...

pois, tens essa facilidade. tens uma justificação para estares sempre a usar a língua e eu cá não. Eu tambem me funciono como tradutora com a minha mae, ahah. mas prontos. gostava tambem imenso de ir lá para fora. conhecer outras pessoas, outras culturas e outras maneiras de estar.
Se tiver a coragem de ir para fora, espero bem habituar-me depois de estar lá .

S.alves disse...

Eu tenho que te vir ler, porque já tenho imensas saudades, umas enormes e sinceras saudades, mas tenho andado mesmo com o tempo super apertado e o blog, com os seus tiques, não ajudou ._.

espero bem que a minha imaginação seja boa o suficiente para me oferecer tudo o que quero (':
ah! não aches, a minha veia fotográfica deve ter morrido :\

Gonçalo disse...

adoro os teus textos querida :)

łnn ۞ disse...

Claro que sim, conta com o meu voto ahahah :D
Sim, os rapazes aligeiram todas as situações.
Se calhar é o que precisosamos. De ver o mundo de uma forma mais light... :D

Soraia Torres disse...

Sim , nisso tens razão , até eu gostava ;D
Humm...uma pergunta para ti...
Que qeres seguir para o teu futuro ? ;b
concordo !

Beijinho <3

hayley bellamy disse...

queres qual deleS? xD

łnn ۞ disse...

mesmo, são impossíveis ahah

hayley bellamy disse...

a mim fazem. mesmo

Vica disse...

Obrigada fofinha :3

ac disse...

fofinha *-*
como estás ?
ó pah , eu tinha mesmo que voltar a fazer franja , já não suportava o meu cabelo :|
O video para a semana , talvez «3

Aiko disse...

gotei
:D

Joana Patricia Fonseca Silva disse...

Gostei imenso, como escreves bem , não me canso de dizer isso :D