Click here!

Se quiseres podes ver as minhas "histórias". Clica em "Minhas Histórias"!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Sonhos

Provavelmente não sou a pessoa certa para falar disto porque eu sou a "Rainha da Insegurança" e constantemente me vejo numa corda bamba, sem fim que me parece aprisionar e me deixa, constantemente, com um agridoce sentimento de remorso por não ter feito por medo de falhar. Eu tenho medo de falhar. Apavora-me  isso, mais que a morte. E às vezes o monstro do "Falhar" persegue-me e não tento porque aquele pressentimento de que vou falhar me segue. Imensas vezes deixei de pensar que tudo iria correr mal mas... não me serviu de nada porque sempre encaixei tudo na "gaveta" dos sonhos e na "gaveta" da realidade de forma separada.
Eu tenho a mania de pensar que eu sou apenas a Hayley, nada mais, ninguém mais e que eu... sou eu. Que não sou nenhuma daquelas figuras idolatradas e tenho pavor que tal aconteça porque eu sou demasiado eu para me rever num cenário em que todos, ou parte, gostam de mim não por aquilo que sou mas por aquilo que fiz. Eu não gostaria de ser reconhecida só por um mero facto acontecido! Eu... não consigo conformar-me com o orgulho de alguém ter fama e ser bem sucedido porque fez uma determinada coisa ou porque disse algo célebre! Para mim quem merece ter parte do orgulho de alguém, é alguém que dedicou a sua vida a ajudar alguém ou então uma pessoa que com um simples gesto conseguiu demover alguém de fazer algo nefasto contra si próprio ou contra alguém!
 Eu não consigo ter centenas de pessoas a gostarem daquilo que eu faço quando tenho dezenas de pessoas a não gostarem de mim por aquilo que sou. Talvez eu seja uma espécie de "paranóica" mas a verdade é que eu sou assim e esse sentimento de falhar impede-me de fazer muitas coisas que não estão por realizar. Outro facto, é que eu separo o "sonho" da "realidade" e esqueço-me que o sonho se pode tornar realidade e por muito que lute por ele, continua a minha cabeça a dizer que eu tenho de voltar à realidade e deixar o sonho porque o que vai fazer sempre feliz vai ser a realidade! Mas irá me fazer sentir realizada? Na minha cabeça crescem dilemas que nunca deixam de o ser pelo simples facto de eu os continuar a alimentar e por muito que me digam que tenho de deixar de pensar deste modo, é praticamente impossível; a minha personalidade há muito que já está construída e não adiantará de nada que me tentem mudar os pensamentos.
Eu encorajo muita gente a lutar pelos seus sonhos e nunca desistir de nada porque tudo vale a pena. Até aquelas coisas mais pitorescas valem a pena porque fazer-nos-ão crescer, de certa forma. Mas... quem sou eu para dizer isso se desanimo quando tento alcançar? Eu não sou um exemplo, não sou uma inspiração nem ambiciono sê-lo ao contrário do que muitos pensam. É muito bom falar das pessoas quando não se sabe a sua essência e as suas verdadeiras intenções. Eu defendo que os sonhos não são apenas para sonhar mas para lutar por eles até se conseguir atingir o verdadeiro objectivo mas, talvez por ter sido educada de forma a que os sonhos sejam secundários à vida eu desanimo e durante toda a minha vida irá ser assim.
Portanto, espero que não sejam como eu e se têm algum sonho seja ele qual for, lutem. Não há nada, julgo eu, mais gratificante dizer ao mundo que mesmo depois de todas as adversidades, de todas as rejeições e desânimos, vocês conseguiram realizar esse sonho. E eu... vou tentar fazer o mesmo.

5 comentários:

Mommy Gates disse...

Um sonho dá muito trabalho, mas a melhor sensação que alguma vez podes ter é a do sonho concretizado.

Eliana disse...

lutar pelo que se deseja vale sempre a pena, pode não dar em nada, mas nunca é uma perda de tempo. ficas sempre com a opinião de que lutaste, e se por acaso conseguires realiza-lo, então nada te vai fazer mais feliz que isso.

gostei muito

Christian disse...

Hayley... fama. haha. Falávamos ontem sobre isso, que tal os jogos psicológicos para sair famosa nas revistas? ahah.
Brincadeiras a parte, entendo-lhe de certa maneira, muitas coisas em nossa infância ficam enraizadas em nossa mente e é muito difícil reverter o quadro.
Contanto, o difícil não é impossível. Você é a típica pessoa que não segue os conselhos que dá aos outros e isso faz com que eles percam a credibilidade se descobrirem o que de fato pensas.
Veja bem, sonho e realidade, são apenas palavras. Aliás, eu nunca gostei da palavra sonho. Sonho acontece quando estamos adormecidos então prefiro substituir esta palavra por metas, objetivos e correr atrás, porque ninguém o fará por mim. É para refletir.

QUIM disse...

Muito lindo e profundo..bj..boa noite.

Nyna Zimmer disse...

O medo de falhar é inerente ao ser humano de hoje em dia.
O orgulho nos asola mesmo que não saibamos que é ele que vem no horizonte.

Suas aflições são compartilhaas por milhões de pessoas, mesmo que não sejam completamente idênticas em sua essência.

Se orgulhe de sua inteligência e lucidez ao abordar seus próprios sentimentos com tanta clareza e lucidez.
São poucos os que conseguem fazer isso.

Um abraço fraterno
De uma certa poetisa